Curso online de O Brincar e o Aprender na Educação Infantil

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Construindo conhecimentos em busca do reconhecimento pessoal e social




O desenvolvimento motor vem sendo estudado como um processo de mudanças que ocorre no comportamento de movimento ao longo da vida. (TANI ET AL, 2008), (GALLAHUE & OZMUN, 2005), (MANOEL, 2008), (CLARK, 2007) relatam que o desenvolvimento motor é um processo onde ocorrem mudanças no comportamento motor de um indivíduo, desde a sua concepção até a sua morte.

Quando se trabalha com Educação Física na educação básica é importante que se conheça o desenvolvimento motor e seus estágios ou fases.

Quando se trabalha com crianças, torna-se importante conhecer e identificar as características do desenvolvimento para que a intervenção seja segura e objetiva, assessorando na prática e na tomada de decisão do professor por meio da qual ele poderá adequar os objetivos, conteúdos e métodos de ensino.

Educação Física Escolar

É comum encontrar dentro da educação física a exclusão de alguns alunos na hora das atividades físicas e sociais promovidas pela escola e pela sociedade tais como: festa, gincana escolar, as aulas propriamente ditas, jogos do município etc…, as crianças taxadas com "ruins" ou seja as que apresentam barreira de proficiência motor, são excluídas e discriminadas. Surgiu o questionamento como incluir as crianças no processo educacional e social sem discriminá-las?

Introduzi-las por meio de força e determinação poderia ser bem mais constrangedora para a criança, em Campina Grande decidimos então avaliar as crianças e identificar as causas dos prováveis problemas que fazia com que os colegas as excluíssem.

Para avaliar o repertório motor o professor disponibiliza de vários instrumentos, neste estudo utilizou-se o Teste de Desenvolvimento Motor Grosso (TGMD-2) Urich (200) que é um instrumento utilizado para avaliar o desenvolvimento motor da criança que é composto por seis testes locomotores e seis de controle de objetos.

Educação Física Escolar

Após o tratamento dos dados, a intervenção procedeu da seguinte forma:

01) Nas aulas de Educação Física proporcionamos atividades lúdicas nas quais as crianças vivenciam diversas experiências motoras as quais constroem seu repertório motor, permitindo assim um aprendizado posterior de ações integradas e habilidosas no contexto de movimento

02) Escolinha de iniciação ao futebol de campo nosso projeto onde buscamos desenvolver as habilidades motoras fundamentais e movimentos associados com alunos de nossa escola e crianças da comunidade alem de treinos contamos também com torneios

03) Gincana escolar onde buscamos valorizar e a potencialidade individual e coletiva dos nossos alunos.

Através de nossa intervenção conseguimos minimizar a rejeição e aumentar a inclusão quer seja esportiva quer seja social, estas aceitações repercutiu também em sala de aula, pois conseguimos aumentar o ciclo de amizade dos alunos na escola, minimizando assim a violência entre eles.

Fonte



Comente:


Você não pode perder:

500 jogos e brincadeiras
Aprenda Planejar Aulas de Educação Física
Atividades Físicas de Alunos Especiais


Popular

Arquivo do blog