sexta-feira, 29 de outubro de 2010

07:25

Brincadeira de criança: Passa o anel

Um jogo que exige controle da expressão facial, destreza com as mãos e capacidade de observação. Assim é o passa-anel, brincadeira que diverte gerações de crianças
há bastante tempo


Passa-anel

O objetivo desse jogo é dissimular a passagem de um anel para outro participante. Além de selar amizades com toques de mãos, o passa-anel agrega meninos e meninas de todas as idades. E o melhor: não tem limites de jogadores, diverte turmas de todos os tamanhos. Aliás, quanto mais gente, melhor. Veja como jogar:

Como brincar? As regras do jogo são simples. As crianças se alinham, lado a lado, sentadas ou em pé, com as mãos unidas e apontadas para frente, e um voluntário se habilita para passar o anel. Se ninguém tiver um anel, pode-se usar uma pedrinha, uma moeda ou outro objeto pequeno. Em seguida, o passador escolhe quem será o adivinhador, que terá de dizer com quem está o anel no final da rodada.

O passador, então, posiciona-se diante das crianças perfiladas, esconde o anel pressionado entre as palmas das mãos e começa a passar suas mãos unidas entre as mãos de cada um dos jogadores. Enquanto isso, o adivinhador só observa. O passador recita este verso cada vez que repete o movimento: "Tome este anel e não diga nada a ninguém".

Sem que o adivinhador perceba, o passador deixa escorregar o anel nas mãos de alguém – e a pessoa que recebe também disfarça. Depois de finalizada a rodada, ele pergunta ao adivinhador: "Com quem está o anel?". Se ele acertar, será o próximo passador. Se errar, deverá pagar uma prenda escolhida por todos ou pré-definida antes do início do jogo. Em algumas regiões, paga o castigo quem acerta.

Não existe pontuação para definir vencedores ou perdedores. A diversão da brincadeira é ver alguém pagando os castigos e passar o tempo dando boas risadas. Inclusive, quando o passador finge que deixou o anel com alguém e pessoas que não receberam o anel dão a entender que estão com o objeto, a brincadeira fica bem mais engraçada.

Fonte: Bebe.com.br

Popular

Arquivo do blog