quarta-feira, 7 de março de 2018

09:00

Você é a favor da obrigatoriedade do atestado médico nas aulas de Educação Física?


Participar de atividades físicas na escola é uma delícia, principalmente quando os exercícios incluem a prática de determinados esportes, formação de times e participação em campeonatos. É uma forma interessante de interagir socialmente e ainda se movimentar. É por esses e outros motivos que a educação física escolar é tão importante.

Mas há outros motivos. Especialistas acreditam que ela contribui para outras áreas fundamentais das nossas vidas. Não é à toa que a obrigatoriedade do ensino da Educação Física é determinado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9.394/1996 e 10.793/2003).

Outra lei que passou a ser obrigatória na Educação Física é a lei 5082/2013 que exige atestado médico para as aulas da Educação Física. Porem, se faz necessário algumas observações que discutam o teor desse documento na medida em que se interpreta certo desconhecimento e distanciamento da realidade desse componente curricular.

Por um lado não se rejeita a iniciativa humana de querer ajudar ao próximo, todavia é condenável a posição política que no afã de "proteger a infância e juventude" leva ao público uma visão distorcida sobre o que é a área.

Há neste cenário o flagrante desconhecimento da história da Educação Física, uma interpretação errônea e tendenciosa que confundem termos como atividade física, exercício físico e condicionamento físico além de interferir na ação pedagógica do professor quando relega parte de sua obrigação para outro profissional.

Mesmo que o professor estivesse decidido a trabalhar a aptidão física em suas aulas, e negasse a frequência mínima de dias, pouco tempo para sua realização e o monitoramento da frequência cardíaca dentre outros pontos, ele transformaria suas aulas em uma "grande academia" de condicionamento físico prescrevendo individualmente as aulas e os objetivos para cada aluno ou tendo a grande habilidade de convencer 30 a 40 alunos e alunas a fazerem a mesma coisa, se submetendo a um esforço progressivo dentre outras especificidades.

A obrigatoriedade do atestado médico me fez ter a dúvida se é uma coisa necessária para quem não leva a educação física escolar coo forma de aptidão física.

E aí, você é a favor da obrigatoriedade do atestado médico nas aulas de Educação Física?

Popular

Arquivo do blog