quarta-feira, 30 de junho de 2010

Brincar ao ar livre aumenta anticorpos





Filhos brincando na areia, descalços, levando objetos que caíram no chão à boca. Cenas que podem levar os pais mais preocupados ao desespero com medo de possíveis doenças.

Pesquisas, porém, colocam em cheque essas preocupações. 

Segundo a pediatra e alergista Fátima Rodrigues Fernandes, do Hospital Infantil Sabará, o contato com alguns microorganismos é importante porque ensina o sistema imunológico dos pequenos, ainda em fase de desenvolvimento, a funcionar corretamente. 

"É dessa forma que o organismo cria anticorpos e melhora a sua resistência para quando tiver de enfrentar uma infecção mais complexa. Além disso, o organismo tem capacidade para lidar com germes, bactérias e microorganismos presentes no meio ambiente. Não devemos subestimá-lo", esclarece.

Mas a pediatra explica que é importante tomar alguns cuidados, é necessário ter bom senso na hora de deixar a criança brincar com alguma coisa que é suja, por exemplo. 

Apresentada pelo médico inglês David Strachan, em 1989, a Teoria da Higiene também sugere a hipótese de que crianças que vivem em ambientes extremamente limpos e estéreis são mais propensas a desenvolver doenças, como as alergias.

Fátima explica que por isso é importante que a criança tenha contato com a natureza e não com o que é sujo. "Estudos mostraram que crianças que vivem em ambientes rurais com devida higiene realmente têm menor número de alergias." 

De acordo com a pediatra, entrar em contato com a natureza é a maneira existente para criar anticorpos. Mas ações como manter uma boa alimentação rica em nutrientes também ajudam bastante. No caso dos bebês, a amamentação é a chave. Ela deve ser prolongada o máximo possível. "O aleitamento materno, assim como a placenta, passa para o bebê anticorpos já existentes no organismo da mãe.

A conclusão dos especialistas é a seguinte: as crianças devem ter contato com a natureza desde que aprendam a importância de se lavar as mãos após essas atividades, antes de comer, após usar o banheiro, quando chegar em casa. E para as mamães, fica o pensamento de que vale superar o medo da "sujeira" e estimular o contato do filho com a natureza por uma vida mais saudável!


Comente:


Você não pode perder:

500 jogos e brincadeiras
Aprenda Planejar Aulas de Educação Física
Atividades Físicas de Alunos Especiais


Popular

Arquivo do blog