quarta-feira, 4 de março de 2015

Aula de Pilates na Escola




http://www.samantatrindade.com.br/images/projeto-escola.jpg

O Pilates é uma atividade que está sendo cada vez mais difundida na sociedade.  E é uma boa forma de se trabalhar flexibilidade em aulas de Educação Física no ensino médio, principalmente por causa da motivação envolvida. Afinal de contas, quem não vai querer praticar na escola uma atividade que está na moda?

Todos sabemos que o encurtamento muscular é uma realidade para adolescentes que estão em crescimento (e muitas vezes não fazem atividade física para melhorar!). Para conhecer o método do Pilates, bem como suas técnicas, de forma aprofundada e ser um professor habilitado é necessário fazer um curso e obter certificado. Entretanto, o profissional de Educação Física pode se utilizar de elementos presentes nesta modalidade para estimular seus alunos e incrementar suas aulas.

Na prática de Pilates, o aquecimento e o alongamento são realizados com o propósito de conscientizar o praticante das condições de seus músculos e articulações naquele momento, estimulando-o a identificar tensões e desequilíbrios, concentrar-se e assumir o controle de seu próprio corpo.

Como deve ser a aula:

Já no inicio da aula, trocar 'figurinha' sobre o método Pilates,estimulando a curiosidade dos alunos sobre a aula (ou aulas) que eles terão sempre  uma boa pedida. Como é uma atividade que está sendo falada, a facilidade de encontrar informações vai facilitar o trabalho do professor.  A partir daí, desafiar os alunos a tentarem executar alguns movimentos de Pilates é um bom inicio para a aula:

1. Pilback: Na posição de quatro apoios eleve o braço direito à frente na altura da cabeça e, simultaneamente, eleve a perna esquerda, alinhando-a na altura do quadril enquanto expira. Inspire retornando à posição de quatro apoios. 

Veja a imagem

2. Spine stretch forward: (Alongamento região da coluna lombar): sentado, com as pernas estendidas e afastadas um pouco além da largura do quadril. Com a cabeça alinhada à coluna e braços estendidos à frente na altura dos ombros, inspire pelo nariz inclinando o tronco à frente e expire pela boca para retornar à posição inicial.

Veja a imagem

3. Leg pull back: (Elevação da perna para trás): sentado com as pernas estendidas e unidas, bumbum contraído, mãos apoiadas ao lado do corpo com os dedos voltados para a frente. Eleve o quadril, chute uma das pernas para o alto e volte. Repita com a outra perna mantendo o quadril elevado. Inspire quando elevar uma perna e expire na outra. 

Veja a imagem 

4. Teaser: deitado de barriga para cima com as pernas estendidas e unidas para o alto, tronco e bumbum contraídos e braços estendidos ao longo do corpo. Inspire pelo nariz, expire elevando o tronco e os braços como se os dedos das mãos quisessem alcançar os pés. Inspire e volte lentamente para a posição inicial expirando.

Veja a imagem 

5. The hundred: deitado com a região lombar totalmente apoiada no solo e pernas flexionadas formando um ângulo de 90 graus, braços estendidos e apontando para o teto. Inspire profundamente pelo nariz enquanto eleva a parte alta do tronco do solo, estenda as pernas formando um ângulo de 45 graus com o chão e desça os braços ao longo do corpo (foto). Nessa posição, suba e desça os braços com movimentos curtos e vigorosos. Volte lentamente à posição inicial no solo.

Veja a imagem

6. Marmeid side bend: Sentada de lado com os joelhos semiflexionados, o pé da perna de cima (que está um pouco à frente) também apoiado no solo, bumbum contraído, cabeça no prolongamento da coluna, mão do braço de baixo apoiada no solo e o outro braço ao longo do corpo. Inspire profundamente pelo nariz, elevando ao mesmo tempo os quadris e o braço acima da cabeça. Volte lentamente expirando pela boca.

Uma vez dado o estimulo do método, é hora da avaliação do professor em cima da aula proposta. Avaliar o interesse, o desafio, a possivel continuação do tema são  orientadores para que haja feddbac ideal para esse tipo de aula.

Boa sorte!

Imagens retiradas do Google Images


Comente:


Você não pode perder:

500 jogos e brincadeiras
Aprenda Planejar Aulas de Educação Física
Atividades Físicas de Alunos Especiais


Popular

Arquivo do blog