sexta-feira, 20 de maio de 2011

Boicote na Educaçao Física na escola




Até o ano pas­sado, o ­índice de “boi­cote” às aulas de edu­ca­ção ­física do colé­gio Renas­cença, em São Paulo, che­gava a 30%, ­segundo esti­ma­ti­vas do dire­tor, João Car­los Mar­tins. “Era impres­sio­nante o ­número de ates­ta­dos médi­cos e a quan­ti­dade de vezes ao mês que as meni­nas fica­vam mens­trua­das”, ­brinca. Essa rea­li­dade se repete em outros colé­gios, em geral, a par­tir da ­oitava série do ­ensino fun­da­men­tal.

Para resol­ver o pro­blema, o colé­gio estu­dou alter­na­ti­vas em reu­niões entre edu­ca­do­res e repre­sen­tan­tes de ­classe e, desde o iní­cio deste ano, uma nova pro­posta para as aulas de edu­ca­ção ­física ­entrou em vigor. Duas vezes por ­semana, no último horá­rio do ­período, os 280 alu­nos do ­ensino médio fazem a ati­vi­dade de sua pre­fe­rên­cia na aca­de­mia Bio Ritmo do Shop­ping Pátio Higie­nó­po­lis, a uma qua­dra da ­escola. O apelo fun­cio­nou entre os ­jovens, que ado­ra­ram a novi­dade.

Na aca­de­mia, os alu­nos têm ­várias ­opções. Além do ho­rá­rio de edu­ca­ção ­física, pelo ­pacote acor­dado entre a ­escola e a aca­de­mia, ainda podem fre­qüen­tar a ati­vi­dade que qui­se­rem, todos os dias, até as 16h. Sair do colé­gio e con­vi­ver em outro ambiente tam­bém é impor­tante para a socia­li­za­ção do aluno. ­Segundo Mar­tins, o índice de insa­tis­fa­ção com as aulas de edu­ca­ção ­física bai­xou para cerca de 10%. “Edu­ca­ção ­física é uma dis­ci­plina indis­pen­sá­vel. Lida com rela­ções, ­regras, autocon­trole e dis­ci­plina de forma dife­rente do que em sala de aula. Os alu­nos tam­bém des­car­re­gam a ener­gia con­cen­trada ­durante as aulas teó­ri­cas”, diz. Para os alu­nos que ado­ram jogar bola, os trei­nos con­ti­nuam. Acon­te­cem na ­escola, à tarde e à noite.

Fonte: Educar para crescer.


Comente:


Você não pode perder:

500 jogos e brincadeiras
Aprenda Planejar Aulas de Educação Física
Atividades Físicas de Alunos Especiais


Popular

Arquivo do blog