Curso online de O Brincar e o Aprender na Educação Infantil

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Normatização da Educação Física nas escolas





As aulas de Educação Física nas escolas estaduais de ensino médio ocorrem no mesmo período das outras disciplinas, como os outros componentes curriculares. No entanto, conta hoje com a participação de um número baixo de alunos e com a falta de interesse deles pela disciplina. Esse fato despertou-nos o interesse pela pesquisa, já que pouco se estudou sobre o assunto. Os atuais professores de Educação Física enfrentam esses problemas e esperamos, através deste trabalho, minimizá-los, contribuindo para o trabalho dos educadores da área e para o desenvolvimento da disciplina.

A normatização escolar vigente não vem ao encontro de nossas expectativas, chega inclusive a se colocar como obstáculo quando, por exemplo, dispensa das aulas o aluno trabalhador por amparo legal ou por determinação médica, cabendo a pergunta: a lei dispensa os alunos das aulas de História, Geografia, Matemática ou língua Portuguesa? A facultatividade aos alunos trabalhadores do curso noturno deve ser encarada como punição a esta população específica, impedindo-lhes o acesso a essa prática pedagógica ou a área de conhecimento (SOARES et al., 1992).

Além desses entraves os alunos têm que conviver com as regras impostas por professores nas quais o esporte é iniciado e desenvolvido predominando a aprendizagem das técnicas esportivas, perpassando, portanto, a busca pelo rendimento atlético com a exacerbação do espírito competitivo do esporte escolar (MATTOS e NEIRA, 2007).

Segundo Soares et al. (1992), observa-se como norma, dentro das aulas de Educação Física, a avaliação, predominando esta, para atender exigências burocráticas expressas pela escola, atender a legislação vigente e selecionar alunos para competições e apresentações dentro e fora da escola. Muitas vezes, esses fatores são utilizados como fonte de aprovação e reprovação. O aluno, muitas vezes, não tem acesso a informações sobre seu desempenho, e, quando as tem, são vagas e imprecisas, negligenciando referências qualitativas do processo ensino-aprendizagem.



Comente:


Você não pode perder:

500 jogos e brincadeiras
Aprenda Planejar Aulas de Educação Física
Atividades Físicas de Alunos Especiais


Popular

Arquivo do blog