sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Veja dicas de como tratar os pequenos machucados das crianças





Veja dicas de como tratar os pequenos machucados das crianças Paul Hakimata/Divulgação

Minha mãe costumava dizer que criança quieta é criança doente. Na aula de educação física, onde elas se soltam, a atividade é maior ainda.  Elas podem brincar e se divertir, mas também acabam se machucando mais. Para evitar que lesões simples se compliquem,  veja dicas de como tratar os pequenos ferimentos:

Higienização: limpe o local até desaparecer qualquer sinal de sujeira ou corpo estranho, como terra ou grama. Para garantir a boa limpeza do machucado, seque a região higienizada e desinfete com um agente antisséptico

Tratamento: para evitar o início de possíveis infecções pode-se usar uma pomada antibiótica

Proteção do ferimento: os curativos são recomendados somente nos casos em que os ferimentos estão em locais sujeitos ao atrito, como a dobra do cotovelo ou a sola dos pés. A recomendação geral é deixar o ferimento aberto para que o local machucado se mantenha seco e a cicatrização aconteça de forma mais rápida.

Respeite as casquinhas: as casquinhas se formam sobre a pele machucada para protegê-la e caem espontaneamente. Por isso, não deixe que a criança retire as casquinhas.

O que fazer quando o machucado está sangrando?
Caso o sangramento seja pequeno, lave a região com água limpa e sabão neutro. Depois, comprima com uma gaze ou pano limpo, fazendo uma leve pressão no local por alguns minutos. Na maioria dos casos, o sangramento para após a compressão. Para proteger o machucado, você pode utilizar uma gaze limpa e esparadrapo ao redor da lesão.

O que fazer quando o ferimento tem pus ou secreção amarelada?
A saída de pus ou de secreção amarelada é forte indicador que o ferimento está infectado por bactérias. Nesse caso, é preciso manter os cuidados de limpeza e tratar a infecção com uma pomada antibiótica para matar as bactérias causadoras da infecção. Caso a secreção esteja aumentando, haja surgimento de vermelhidão ao redor da lesão, aparecimento de febre ou piora da dor local, consulte um médico.

O que fazer quando a lesão é mais profunda?
Lesões mais profundas e cortes mais extensos devem ser avaliados por um médico para decidir se há necessidade de realizar outros procedimentos, como dar pontos, por exemplo. De qualquer forma, a limpeza primária pode ser feita regularmente e, ao notar a presença de algum corpo estranho na ferida, é importante procurar o médico imediatamente.



Comente:


Você não pode perder:

500 jogos e brincadeiras
Aprenda Planejar Aulas de Educação Física
Atividades Físicas de Alunos Especiais


Popular

Arquivo do blog