Curso online de O Brincar e o Aprender na Educação Infantil

domingo, 22 de fevereiro de 2009

O Brincar terapeutico





Segundo Piaget, a criança no período compreendido entre 0 e 2 anos apresenta uma evolução significativa no desenvolvimento nos aspectos físicos, cognitivos e principalmente sociais, onde recebe grande influência do ambiente. Para que esse desenvolvimento ocorra adequadamente e saudavelmente, o brincar é um fator indispensável e fundamental.

Através do brincar a criança inicia o processo de auto conhecimento, da sua relação com o outro e com o meio, criando assim relações necessárias para interagir com o mundo. O brinquedo torna-se um instrumento de exploração e desenvolvimento de suas capacidades.

Na prática, o brincar, atividade informal e espontânea, pode ser utilizada de maneira formal, como recurso terapêutico pelos profissionais que trabalham com crianças, por ser a maneira delas se relacionarem com o mundo externo.

Na Terapia Ocupacional com crianças e adolescentes, o brincar é proporcionado ao paciente de forma livre e criativa, conforme a sua vontade. Ela escolhe, dentre materiais existentes no ambiente terapêutico, aqueles que mais se assemelham com a sua vontade, preferÊncia e com aquilo que necessita expressar.

Com o brincar a criança elabora seus problemas, tensões e conflitos, possibilitando um crescimento mental, que ao meu ver ocorre quando a criança pode vivenciar e aprender a lidar com novas situações.

Ao possibilitar o espaço de brincar, o profissional impulsiona-se a criança a fazer sua brincadeira acontecer, ou seja, torna-la realidade, pois estará concretizando situações próprias, conflitantes ou não. E permite-se com que venham à tona determinadas situações e fatores que de outra forma seriam muito difícil de captar e detectar.

A confecção dos brinquedos também traz uma sensação de muito prazer à criança,aumentando a sua auto-estima, bem como vários outros enfoques que podem ser trabalhados e avaliados nessa construção.

Acredito que a Terapia Ocupacional com o brincar oportuniza a criança à aquisição do conhecimento, de ser capaz de um saber físico e mental que poderá dispor a seu favor, sem a necessidade de alcançar algo determinado e preestabelecido.


Comente:


Você não pode perder:

500 jogos e brincadeiras
Aprenda Planejar Aulas de Educação Física
Atividades Físicas de Alunos Especiais


Popular

Arquivo do blog