Curta e Siga em Rede Sociais

Basquete na Educação Física Escolar








Não podemos negar que o ensino de educação física na escola é marcado por uma triste dicotomia: por um lado, parte dos alunos gosta das aulas e creem na importância do esporte e, por outro, uma importante parcela a consideram chata e até desagradável. Obviamente, isso vem, na maioria das vezes, da concepção tradicional de ensino que é excludente, valoriza apenas o desempenho físico e deixa de considerar a cultura corporal.

A força que uma nova geração de professores de Educação Física faz é enorme. Participo disso. A introdução de atividades motivantes, que buscam o desenvolvimento completo em primeiro lugar para depois, quem sabe, dependendo do aluno, trabalhar a performance e direcionamento para algum esporte de maneira competitiva, é cada vez maior. Professores estão buscando novas formas de atuar na educação física, inclusive com atividades diferenciadas dentro da introdução de esportes tradicionais.

Um dos esportes tradicionais  e que gosto de trabalhar é o basquete. Dentro da escola, é possível desenvolver valências e movimentos envolvendo o maior número de vivências e variações, procurando fazer com que os alunos percebam suas condições motoras a partir dos jogos desenvolvidos de maneira lúdica, com poucas regras, estimulando suas formas básicas de locomoção e desenvolvendo sua capacidade motora.

A estruturação das atividades é de muita importância para o desenvolvimento da modalidade basquetebol, onde devem existir distintos métodos. Mesmo com falta de materiais adequados ou até mesmo estrutura, é possível desenvolver um bom trabalho.  Havendo uma boa preparação e planejamento, os quais devem estar vinculados com adaptações ao meio social e estrutural, é possível sim desenvolver um trabalho objetivando o melhor aprendizado e interesse dos alunos para a modalidade.

Uma das formas de ensinar o basquete na escola, tendo apenas o básico, é a escola da bola. Ela visa o ensino-aprendizagem das capacidades táticas básicas cuja finalidade é que o aluno aprenda a lógica básica do jogo, com ênfase no ensino dos esportes coletivos, no caso o basquetebol (mas vale também para  voleibol, handebol, futebol, futsal, etc.).

A escola da bola visa na prática desmitificar que as habilidades requeridas para jogar o basquete ou outros esportes sejam possíveis somente para alguns. Além disso, esta corrente tem como objetivo também motivar, romper as barreiras e promover a felicidade e o bem-estar por meio do esporte.

A educação física no ambiente escolar possui um papel fundamental, pois podem proporcionar aos alunos um melhor desenvolvimento físico, motor e em suas habilidades e competências. E o basquetebol pode ser uma ferramenta importante para ajudar esse desenvolvimento.

Para finalizar, vou te indicar um ebook que te ensinará a ter uma performance excelente no ensino do Basquete Educacional, em escolas e Escolinhas. Conheça o Ebook Trabalhe com Basquete Educacional. Você aprenderá a trabalhar com Basquete mesmo que nunca tenha lidado com o assunto. Clique aqui e saiba mais sobre o Ebook Trabalhe com Basquete Educacional!


EBOOK GRATUITO: Bullying Escolar: saiba como intervir


Professor (a), você não pode perder:

200 atividades em vídeo para Educação Física Escolar
Oferta secreta - 50% de desconto: 800 atividades esportivas para escola
Não sofra pra fazer planejamento de suas aulas Entre no Grupo de Whastapp






Comente: